Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Entrevista | Edu Anjos e o Ironman

Eduardo Giovannetti Pereira dos Anjos, ou apenas Edu Anjos, crossfiteiro e triatleta natural de São Caetano do Sul/SP tem 32 anos e é formado em Engenharia Elétrica (2006) e pós-graduado em Engenharia Automotiva (2011). Profissional e atleta dedicado, Edu Anjos sempre arrumou tempo para conciliar o esporte e a vida acadêmica/profissional. Atleta da natação desde os 4 anos de idade, competiu também no Voleibol pela seleção Paulista e disputou provas de Handebol e Triathlon durante vários anos. Desde janeiro de 2014, começou a treinar CrossFit na Barigui (quando se mudou para Curitiba) e vem obtendo marcas cada vez melhores também neste esporte.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Muitos de nossos atletas se envolveram com o objetivo do Edu Anjos recentemente, enviando energias positivas e inclusive compartilhando alguns treinos de corrida com ele. Anjos completou seu segundo Ironman, desta vez muito mais difícil que o primeiro devido à muitas adversidades encontradas antes e durante a prova. O Ironman é a prova mais respeitada do triathlon mundial, pois envolve distâncias longas e muita garra não só durante a corrida, mas principalmente nos meses que antecedem a disputa.

Bate-papo com Edu Anjos

E aí Edú, conta pra gente sobre você e como foi terminar este Iron usando também o CrossFit como base?

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Comecei a praticar CrossFit como forma de condicionamento físico após uma dica de um amigo de São Paulo, encontrando a modalidade na box CrossFit Barigui (1ª box de Curitiba) cidade que vivo desde julho/2013.

Me identifiquei logo na 1ª aula, ou WOD, como chamamos nos treinos. A cada novo WOD, percebia o potencial que o CrossFit tinha para me ajudar no triathlon, e usei como pude essa boa impressão que tive.
Logo vi a diferença no condicionamento físico onde, a cada treino, melhorava meus tempos.

Comecei com distâncias mais curtas no triathlon e, desde 2012, migrei para provas mais longas. Isso inclui 2 Ironman e 3 Meio Ironman, além de 8 Meia Maratonas.
No último dia 09/11/2014, disputei o Ironman, em Fortaleza. Uma prova composta por 3,8km de natação, 180,2km de ciclismo e 42,2km de corrida. Essa foi, sem dúvida, a prova mais difícil e desafiadora que enfrentei até hoje.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Não pela distância, já que esse foi o meu 2º Ironman (havia disputado em Florianópolis, 2013), mas sim pelas condições climáticas que encarei lá no Nordeste. Muito calor, vento forte e um mar agitado me fizeram ter a impressão de que a Mãe Natureza não nos queria lá. Ou melhor, ela queria realmente nos testar como verdadeiros “Homens/Mulheres de Ferro”.

Para piorar, nos dias anteriores, tive uma indisposição estomacal que me fez vomitar muito a 2 dias da prova. No dia anterior não consegui comer, seguindo a dieta do nutricionista Gustavo Lazaro, mas mantive a calma e me tratei para estar bem na hora da largada. Deu certo, dormi muito bem e, antes da largada, me sentia muito mais preparado do que no ano anterior.
Desta vez porém, com uma rotina profissional totalmente diferente, perdi diversos treinos da planilha, preparada pelo meu técnico Diego Montecelli (que também disputou o Iron em Fortaleza).

A prova foi de desafios durante todo o percurso, mas uma prova Ironman é superado com 10% de força física e 90% de determinação mental. Portanto, antes da largada, já sabia que terminaria a prova, pois nada me faria desistir de alcançar esse objetivo. E após 13h45m38s, passei por baixo do pórtico de chegada para ser novamente um Ironman! A sensação é indescritível, só entende quem disputa e completa uma prova dessa magnitude.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Fisicamente, estou muito melhor que em 2013. E não tenho dúvidas que o CrossFit tem papel fundamental nisso.
Agora, tenho como planos reduzir a intensidade dos treinos de triathlon. Quero voltar a competir em 2015, mas em provas de menor distância.

Já para o crossFit, tenho planos opostos. Quero e vou disputar torneio(s) para ajudar a difundir essa prática e, principalmente, me divertir. Somos atletas amadores, que devemos praticar o esporte por prazer, pelo vício gostoso de ser saudável e uma referência às pessoas que ainda se seguram para entrar nesse universo tão prazeroso.

É isso! Obrigado a todos e #crossfitpo#*@

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Comente

Leia também

001 / Mercês

Av. Manoel Ribas, 2658, Barracão 7 e 8
Curitiba PR

41 3524.3300

barigui01@crossfitbarigui.com.br

002 / Juvevê

Rua Augusto Stresser, 1619
Curitiba PR

41 3149.0202

barigui02@crossfitbarigui.com.br

crossfit-journal crossfit-kids
icone-certificacoes

Confira nossas Certificações