Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

Fabiana Batista: nossa atleta campeã paranaense de Deadlift

Na semana passada, conferimos por aqui uma entrevista do coach Houssein Omairi falando sobre o Levantamento de Peso Olímpico (LPO) e o Crossfit. A atleta Fabiane Batista é uma das alunas do mestre Houssein. Treina Crossfit há 1 ano e meio, e há 2 meses começou a treinar LPO com o coach. No último mês, foi campeã paranaense de Levantamento Olímpico com Deadlift. A Fabi também conversou um pouco com a gente sobre a sua evolução no esporte e como as aulas de LPO tem ajudado nisso!

– Fabi, como você vê a sua evolução no LPO?

Eu sempre gostei muito da parte de levantamento de peso no Crossfit. Depois de um período treinando cross, percebi que faltava me especializar um pouco mais. Estava com dificuldade de dar consistência à alguns movimentos. Foi aí que comecei a treinar com o Houssein, com o objetivo de melhorar a consistência e a parte técnica, para poder me desenvolver melhor nos treinos de Crossfit, que são o meu foco.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

 

– No último mês você ganhou um importante campeonato! Como foi a sua preparação para isso? O Deadlift é um movimento que utilizamos bastante no Crossfit e que eu sempre gostei muito de fazer. Quando fiquei sabendo do campeonato, tinha apenas 40 dias para treinar. Conversei com o Houssein, e ele elaborou um treinamento intensivo para mim, onde ficamos 3 semanas específicas bem intensas treinando para desenvolver melhor o movimento. Com a ajuda desses treinos, o meu PR passou, em 3 semanas, de 110 kg para 150kg. Aumento mais ou menos 35%. O treinamento com o Houssein foi essencial para conseguir atingir isso.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

– De que forma o LPO tem te ajudado?

Tem me ajudado muito! Acho que a principal vantagem é poder trabalhar mais direcionado nas nossas dificuldades. Para mim, está sendo muito bom, porque eu tinha dado aquela “empacada” nos pesos e nos treinos, e desde que comecei a treinar com o Hussein, percebo que me aperfeiçoei muito! O bacana é que você vai se conhecendo também, conhecendo seu corpo, seus limites, cada vez mais. – E os treinos fazem diferença também no seu desempenho nos treinos do Crossfit? Muito! Vejo bastante diferença, porque eu tinha bastante dificuldade nos movimentos de força. Se você faz de qualquer jeito, apenas com a sua força corporal, você chega até um ponto. Mas chega uma hora que ficamos estagnados. Então é preciso aperfeiçoar a técnica para continuar caminhando, para continuar desenvolvendo. Depois que comecei com o Hussein, até meu muscle up saiu! Depois de 1 ano e pouco tentando, finalmente consegui realizar o movimento. Acredito que os 2 meses que venho treinando com o Houssein me ajudaram muito para conseguir isso! É nesse tipo de coisa que você consegue ver como os treinos dão resultados.

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

 

– E quais são as suas próximas metas agora?

Meu próximo objetivo é o Open CWB de Crossfit em outubro. Até lá, preciso melhorar a minha base de snatch principalmente, e começar a me preparar para o brasileiro. Se eu for lá, eu vou lá pra ganhar! Meu projeto com o Hussein é de um ano. Tenho um projeto muito pessoal também…eu faço 40 anos no ano que vem, e o Crossfit tem uma modalidade específica a partir dessa idade. Então, acredito que vou conseguir competir com mais igualdade, pois o tempo de recuperação na minha idade é muito mais longo do que o tempo de alguém que tem 20 anos, por exemplo. Então vamos trabalhar bastante, e eu quero colher bons resultados ao término do meu projeto. Aí ninguém me segura!

Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.

 

– Que dica você deixaria para seus colegas que estão começando ou querendo treinar LPO?

O que você precisa é estar sempre disponível e disposto a aprender, e principalmente ter paciência. Eu sempre fui muito ansiosa, mas é preciso ter calma. O fator principal não é só o quanto de peso você suporta, tem a parte psicológica também. Você tem que ter consciência do seu corpo, sem colocar o carro na frente dos bois. É um passo de cada vez, não adianta ter pressa. Ás vezes você quer um negócio para amanhã, mas não é o seu momento ainda. É preciso saber ouvir as dicas do seu coach. Se ele diz que hoje é dia de descanso, hoje é dia de descanso e ponto final! Por mais que isso seja uma tortura pra mim rsrs. E principalmente: você tem que querer! Não adianta ir com “meia vontade”, arrasatado. O meio termo não te leva a nada! Você tem que querer, e tem que querer muito! Tudo é possível quando temos força de vontade!

Comente

Leia também

  • Imagem utilizada em um dos posts de blog em CrossNews do site da Crossfit Barigui.
    Saiba Mais
    Eric Tavares e o novo sentido da superação
    A ‘deficiência’ do Eric lhe acompanha desde os 14 meses de idade, quando por uma má formação , teve uma das pernas amputadas. Apesar...
  • Saiba Mais
    I Am Barigui MASTER | Celinho
    Uma das coisas que eu mais escuto de pessoas que tem interesse em começar a treinar Crossfit é: “mas eu posso fazer?”. Seja por...

001 / Mercês

Av. Manoel Ribas, 2658, Barracão 7 e 8
Curitiba PR

41 3524.3300

barigui01@crossfitbarigui.com.br

002 / Juvevê

Rua Augusto Stresser, 1619
Curitiba PR

41 3149.0202

barigui02@crossfitbarigui.com.br

crossfit-journal crossfit-kids
icone-certificacoes

Confira nossas Certificações